Olá! Quem vos escreve é a Catarina!Uma vez aceite o desafio da Liliana, sou eu quem vos vais passar a escrever.img_2680.jpg

Antes de mais gostava de vos recordar que não sou nutricionista, healthcoacher ou personaltrainer. Sou apenas alguém que fruto de algumas vivências pessoais passou a ter alguns cuidados com a alimentação e que, em consequência, se apaixonou por um estilo de vida saudável. Sempre me recusei a ser escrava da minha alimentação ou de qualquer plano alimentar que durasse 3, 4 ou 5 semanas. A alimentação é algo demasiado intrínseco ao nosso dia-dia para vivermos obcecados em seguir à risca uma determinada rotina diária com a qual não nos identificamos. O exercício que faço e que sempre fiz é o seguinte: consigo seguir este plano alimentar para o resto da minha vida? Consigo incluir estas receitas no meu dia-dia? Se sim, então estou no caminho certo! Experimentem! 😉

Ora, desde que decidi dar um novo rumo à minha vida há já alguns anos interessei-me muito por este campo da Alimentação Saudável. É, sem dúvida, um dos meus maiores hobbys! Sigo muitos blogs, procuro muitas dicas, leio muitos livros e revistas, e, sobretudo, procuro informar-me junto de profissionais da área sempre que tenho dúvidas. Descobri que uma alimentação cuidada está longe de se resumir a “bife grelhado, alface e brócolos todos os dias”. E isso mesmo constatam os convidados cá de casa que experimentam sempre um menú repleto de receitas saudáveis e que perguntam “Como é que é possível isto ser saudável?”, “Como é que descobres estas coisas?”. Ao que eu respondo: “Não te preocupes, eu envio-te umas dicas ;)”! Eles experimentam, deliciam-se e pedem mais. E foi precisamente neste contexto que surgiu a oportunidade de contribuir para o workinmommin.com.

Por isso, a ideia não é deixar aqui um plano alimentar (longe disso!!) ou uma fórmula secreta de emagrecimento a qualquer custo, mas sim partilhar com vocês este mundo que vou descobrindo a cada dia e algumas das experiências que vou testando no dia-dia da minha cozinha, que fazem as minhas delícias e as delícias dos que me rodeiam.

Espero fazer-vos felizes com receitas práticas, saudáveis e deliciosas (e que, ainda por cima, ajudam a emagrecer!).

Apresentações feitas, passemos ao que interessa.

Granola de Frutos Vermelhos

Quem já ouviu falar de Granola?

Pois bem, a granola, como sabem, é uma mistura de cereais, sementes e frutos secos. É super prática porque permite que tenhamos um pequeno-almoço ou um snack rico em nutrientes sem termos que andar com as caixinhas das sementes todas atrás. Duas ou três colheres de granola e está feito! Tem aveia, tem chia, tem linhaça, tem sementes de girassol, de papoila ou de abóbora, tem amêndoas, tem nozes, tem bagas, … No fundo a granola tem o que nós quisermos! Pode ser o complemente de um iogurte, de uma taça de leite, de fruta, ou pode, simplesmente, funcionar com um snack SOS pronto a comer.

A granola está à venda em vários supermercados, de todas as formas e feitios. Qual é o problema? O problema é que, para além de ser extremamente cara, está coberta de açúcares. (Os alimentos mascarados são os piores inimigos de uma alimentação saudável. Fazemos um esforço pessoal e financeiro para termos saúde e para nos sentirmos bem e, quando vemos, os alimentos que se anunciam com saudáveis ou que estão colocados na “Área Saudável” são tudo menos isso!)

Eu faço a minha granola e cá em casa já ninguém usa Granola de Supermercado!

Granola de Frutos Vermelhosimage

 

Receita-base

Ingredientes:

400 g de aveia (de preferência, flocos grossos)

100 g de sementes (o que tiverem em casa. Eu costumo usar um Mix de sementes que se vende no Jumbo – tem chia, linhaça, girassol e abóbora.)

20 amêndoas e 20 avelãs (mas pode ser outro fruto seco qualquer)

1 colher de sopa de mel

1 copo de água (normalmente uso água de coco que se vende no Jumbo ou no Continente, mas se não encontrarem podem usar água normal).

Pré-aquecer o forno a 200 Cº. Misturar os ingredientes secos numa tigela grande. Aquecer o copo de água e diluir o mel. Juntar a água com mel à mistura da aveia e envolver muito bem. Levar ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal por cerca de 20 minutos. Ir mexendo a mistura com um garfo para a granola ficar solta.

Quem demora mais de 5 minutos? (Não conta o tempo de forno!)

Opcionalmente, podem dar o sabor de uma fruta à vossa granola! Pessoalmente, acho que nada bate os frutos vermelhos. Como é que eu faço?
Ingredientes:

1 embalagem de morangos desidratados (ver imagem)

1 punhado de arandos (cranberrys) desidratados (ver imagem. Vende em qualquer hipermercado. No Jumbo vende avulso.)

Cortar tudo em pedacinhos pequenos, juntar à granola quando estiver pronta e envolver bem.

Deixar arrefecer e colocar em frascos  que fechem hermeticamente.

Dêem-me o vosso feedback!

Catarina Rodrigues

Liliana Cachim

1 Comment on Granola de Frutos Vermelhos

  1. Nina Correia
    Maio 6, 2016 at 8:02 am (1 ano ago)

    Parabéns Catarina!!! Feliz por termos agora as tuas receitas maravilhosas, que eu própria já pude provar!! Felicidades e até já ☺️

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *