FullSizeRender

Em épocas festivas as crianças têm direito a doces.E porque não envolver a pequenada na confeção?Com isto, estamos a proporcionar-lhes memórias para mais tarde recordar.

No âmbito da filosofia do Workin Mommin, defendemos que, se vamos comer doces, sempre é mais saudável optar pelos que fazemos em casa. Sem aditivos desnecessários.

Mãos bem lavadas? Então vamos a isso!? Começamos por preparar os ingredientes:

Para os biscoitos:

150g manteiga à temperatura ambiente
90g açúcar em pó
1 ovo à temperatura ambiente
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 pitada de sal
80g amêndoas moídas em farinha
200g farinha para bolos

Para decorar:

Pasta de açúcar branca e/ou colorida
Corantes alimentares em gel (facultativo)
Glacê Real q.b.
Confetis de açúcar variados

Dica para os papás: preparar os ingredientes, separando as quantidades em tigelinhas antes de por mão à obra.

Preparação:

Bater a manteiga até obter um creme, juntar o açúcar em pó e voltar a bater.
Juntar o ovo inteiro e misturar bem, inicialmente parece que não combinam, mas insista que acaba por ficar homogéneo.
Misture agora o extrato de baunilha e a pitada de sal.
Juntar a farinha de amêndoas com a farinha de bolos e peneirar para a massa de manteiga que estivemos a preparar, misturando bem, sem bater, até parecer farelo, continuar a misturar até obter uma massa homogénea que forma uma bola, podem e devem fazer este passo com as mãos.
Os miúdos adoram esta parte da preparação.
Nota: Se a massa estiver ainda muito pegajosa, juntar um bocadinho mais de farinha até formar uma bola que se solta da tigela facilmente e já não cola às mãos.

Esticar a massa sobre película aderente cobrindo- totalmente com a película e colocar no frigorífico durante aproximadamente uma hora.IMG_2536

Dá-nos tempo para uma pausa para os xi-xis e outras brincadeiras, é sempre útil!!! 
O trabalho com pausas também é mais fácil para as crianças e nós aproveitamos para organizar o balcão e lavar os utensílios.

Com a massa durinha do frio, vamos agora voltar a esticá-la, colocando uma película aderente entre a massa e o rolo, (ajuda a não pegar facilitando a organização e limpeza), até obter a espessura desejada, aproximadamente 5mm a 6mm.

Com os cortadores (escolhemos coelhinhos, ovos e um pintaínho), cortar a massa e colocar num tabuleiro para ir ao forno, sem untar (os biscoitos já tem manteiga suficiente).
Vai ao forno pré-aquecido a 170 graus, durante 15 minutos.

Vigiar a cozedura, porque os fornos são todos diferentes. Quando estiverem loirinhos, tirar do forno e deixar arrefecer numa grelha metálica.

Depois de frios, decorar com pasta de açúcar ou glacê real.
Optei pela pasta de açúcar, por ser mais simples e fácil para os miúdos.
Como gosto de preparar a minha paleta de cores, trabalho com pasta branca e misturo os corantes alimentares em gel.IMG_2537

Com um palito molhar no corante e colocar na pasta, juntar pouquinho de cada vez até obter a cor desejada. Só são precisas umas gotinhas. Depois é só amassar a pasta até a cor estar homogénea. A pasta quanto mais trabalhada, mais maleável fica!
Embrulhar sempre a pasta que não estiver a usar em película, para não endurecer e secar.

Agora precisamos de um bocadinho de glacê real, que não é nada mais, nada menos do que uma clara de ovo à temperatura ambiente, batida em castelo misturando com açúcar em pó aos poucos.
Esta mistura é o que vamos usar como cola, mas também se podem decorar as bolachas apenas com o Glacê Real.
Podemos preparar com antecedência e colocar no frigorífico até ao momento da decoração.

Nota: Os cortadores, o preparado de Glacê Real (se não quiserem correr riscos com os ovos crus, aliás foi o que usei nesta receita) e a pasta de açúcar, já se encontram facilmente em grandes superfícies comerciais ou em lojas da especialidade.

Estendemos a massa no balcão de pedra ou num tapete de silicone, polvilhado com amido de milho (Farinha Maizena), até obter aproximadamente 3mm de espessura.

Com os mesmos cortantes que usamos para as bolachas, cortamos agora a pasta de açúcar e com um bocadinho de Glacê Real barramos um biscoito de cada vez (o Glacê seca muito rápido, por isso é mais fácil colocar num saco de pasteleiro, ou saco plástico com a pontinha cortada, tendo em atenção para o bico estar sempre embrulhado num pano molhado quando não estiverem a usar), sem chegar as pontas e colocamos a pasta em cima tendo o cuidado de não deformar com os dedos.IMG_2538

A parte mais divertida é o final, onde podemos dar asas à imaginação e decorar com os confeitos coloridos, usando o Glacê Real como cola.IMG_2539

Colocamos a secar e passadas umas horas estão prontas!
Podemos preparar saquinhos ou caixinhas decoradas, com os nossos biscoitos para oferecer aos padrinhos.
Os pequeninos rasgam sorrisos de orgulho e os adultos derretem-se.
Ah! E os biscoitos são mesmo deliciosos, não é preciso fingir! (risos)

Et voila!

Divirtam-se em família e uma Boa Páscoa!

Caketerie  Sónia Loureiro

Liliana Cachim

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *